Barriga, afinal, se perde?

“Como faço para perder minha barriga?” é talvez a pergunta que mais se é feita dentro das academias. É uma pergunta natural, afinal, quem não gostaria de perder aquelas gordurinhas indesejadas na região do abdômen? Mas infelizmente, perder gordura nessa região, e somente nessa região, é algo que só existe em anúncios na internet de produtos supostamente emagrecedores ou treinos miraculosos.

barriga sarada

Mas afinal, é impossível então perder essas benditas gordurinhas que tanto atrapalham? Não, evidente que não. É bem possível! Ao contrário do que muitos pensam (e que provavelmente já falaram no seu ouvido) não é necessário fazer mais abdominal do que soldado sofrendo punição. Para ser perder gordura da barriga, e também do corpo inteiro, é uma junção entre boa alimentação com a prática regular de exercícios físicos, isto é, exercícios aeróbicos (caminhada, corrida, bicicleta, aulas coletivas em academias, etc.), musculação, além de outras variáveis modernas de exercícios, como pilates, treinamento funcional, etc.

barriguinha-com-abdominal

Mas então, para que fazer abdominal? A famosa barriga “tanquinho” que muitos almejam não é produto de abdominais como, ainda, se acredita. Uma boa alimentação aliado a exercícios físicos é que dão esse “shape” tão desejado. Ao se realizar abdominais, clássicos exercícios no final de séries de academia, trabalha-se principalmente o músculo reto abdominal, o “músculo do tanquinho”, mas o mesmo só terá essa aparência com diminuição do percentual de gordura, o que exige muita paciência, pois todo grande resultado deve ser pensado em longo prazo.

michel-teo-sin-heiko-grabolle1

Não existe receita mágica para “perder barriga” ou qualquer outra gordura localizada. Para perder aquelas gorduras indesejadas, a combinação boa alimentação e exercícios físicos são os principais responsáveis, promovendo saúde, bem estar e aumento da autoestima. Mas para isso, não tente fazer por conta própria! Converse com um profissional de Educação Física para que este construa um plano de exercícios voltado para seu objetivo, assim como, para uma boa alimentação, um nutricionista.

Reduza, Reutilize, Recicle

Você sabia que uma pessoa chega a produzir 1.5Kg de lixo POR DIA? Pois é! Muita coisa, não acha? Uma casa com apenas 4 pessoas colabora com uma média de 6Kg de lixo, diariamente.

tudo-sobre-reciclagem-dicas-perguntas-e-respostas-5

Mas, não precisa ser assim! Nem tudo o quê consideramos é realmente lixo. Você sabia que cerca de 30% do lixo produzido por nós é composto de materiais recicláveis? E você sabe o que pode ser reciclável? Pois bem, de acordo com o Instituto Akatu pelo Consumo Consciente, não basta separar papel, vidro, plástico e metal. É importante isolar o lixo seco do úmido ou orgânico para evitar contaminação. Por exemplo, uma embalagem de plástico em contato com óleos ou solventes deixa de ser reciclável.

Amasse as latinhas de alumínio, garrafas plásticas e outros objetos, assim ocupam menos espaço. Não se esqueça de tirar as tampas das embalagens e de eliminar o excesso de sujeira dos produtos.

Outra dica fundamental é que nem todo papel, plástico, vidro ou metal pode ser reciclado. Confira o que deve seguir para a coleta seletiva e o que deve ir para o lixo comum, segundo dicas do Instituto Akatu.

Papel Reciclável: papéis de escritório, papelão, caixas em geral, jornais, revistas, livros, listas telefônicas, cadernos, papel-cartão, cartolinas, embalagens longa-vida, listas telefônicas e livros.

Não reciclável: papel carbono, celofane, papel vegetal, termofax, papéis encerados ou plastificados, papel higiênico, lenços de papel, guardanapos, fotografias, fitas ou etiquetas adesivas.

Plástico Reciclável: sacos, CDs, disquetes, embalagens de produtos de limpeza, garrafas PET, canos e tubos, plásticos em geral.

Não reciclável: plásticos termofixos (usados na indústria eletro-eletrônica e na produção de alguns computadores, telefones e eletrodomésticos), embalagens plásticas metalizadas (como as de salgadinhos) e isopor.

Vidros Recicláveis: garrafas de bebida, frascos em geral, potes de produtos alimentícios e copos.

Não reciclável: espelhos, cristais, vidros de janelas, vidros de automóveis, lâmpadas, ampolas de medicamentos, cerâmicas, porcelanas, tubos de TV e de computadores.

Metais Recicláveis: latas de alumínio (refrigerante, cerveja, suco), latas de produtos alimentícios (óleo, leite em pó, conservas), tampas de garrafa, embalagens metálicas de congelados e folha-de-flandres.

Não reciclável: clipes, grampos, esponjas de aço, tachinhas, pregos e canos.

A dica, portanto, é dar preferência a produtos de vida longa, um dos princípios do ecodesign. A prática dos três Rs – reduzir a quantidade de resíduos, reutilizar materiais e reciclar por meio da coleta seletiva – é a melhor maneira de diminuir o impactodo seu lixo na natureza.

Veja essa tabela com o tempo de decomposição de cada tipo de material:

Material Tempo de decomposição
Papel De 03 a 06 meses
Pano De 06 meses a 01 ano
Filtro de cigarro 05 anos
Goma de mascar 05 anos
Madeira pintada 13 anos
Nylon Mais de 30 anos
Plástico Mais de 100 anos
Metal Mais de 100 anos
Borracha Tempo indeterminado
Vidro Indeterminado
Lata de Aço 50 anos
Garrafa plástica 450 anos
Copo plástico 50 anos
Lixo radioativo 250.000 anos
Caixa de papelão 02 meses
Lata de alumínio 200 anos
Linha de nylon 650 anos
Bóia de isopor 80 anos

Fazer a coleta seletiva dentro da sua casa é um GRANDE começo para reciclagem, e certamente colabora muito com a sustentabilidade do nosso planeta! Comece já! Faça sua parte!

04# – De Olho na Copa – Camarões

Apesar de não ser uma das seleções mais cotadas, os camaroneses querem ao menos desmentir a fama de que são candidatos a lanterna do Grupo A. É verdade que a Seleção Camaronesa não é mais a mesma que ganhou a merecida alcunha de “Os Leões Indomáveis” na Copa de 1990, mas ainda assim, sendo uma das maiores forças da África, os comandados de Volker Finke querem mostrar que ainda têm muita bola no pé.

Untitled
Apesar de ter tido sempre tradição na África, Camarões ganhou destaque mundial na Copa da Itália em 90 com um futebol de boa qualidade, acrescido de muita ginga e exímia dedicação. Regidos pelo maestro e craque Roger Milla, os camaroneses lideraram o seu grupo na primeira fase, eliminaram a Colômbia nas oitavas de final e só caíram nas quartas diante da excelente seleção inglesa.
Já no mundial seguinte, nos Estados Unidos, Camarões não fez uma boa campanha. O craque Roger Milla já tinha 42 anos na ocasião e ao balançar a rede na estreia contra a Suécia, bateu o recorde de jogador mais velho a marcar um gol em Copa do Mundo. Apesar do gol, Milla já não tinha mais a mesma forma e o time não era mais o mesmo. Depois do empate na estreia, os Leões foram goleados pelo Brasil por 3 a 0 e pela Rússia por incríveis 6 a 0 (Com direito a 5 gols do pouco conhecido Salenko que virou artilheiro da Copa ao lado do búlgaro Stoichkov).
Para a Copa do Mundo 2014, os camaroneses contam com o técnico alemão Volker Finke e com alguns talentosos jogadores como Assou-Ekoto, Choupo-Moting, Idrissou e , claro, o craque Samuel Eto’o.
Depois de ficar de fora dos dois últimos mundiais, os Leões Indomáveis querem mostrar que estão de volta a boa fase e que podem contrariar as expectativas e atingir a segunda fase. É claro que o grupo não é nada fácil. Além de estrear contra o México e passar pela Croácia, os camaroneses ainda fecham a fase de grupos enfrentando o Brasil no Estádio Mané Garrincha em Brasília. A parada é dura, mas os Leões tentaram conquistar o Brasil em campo já que na ginga e na simpatia, já conquistaram há muito tempo.

Fluzão goleia o Flamengo e é o novo líder

A rodada do fim de semana no Campeonato Carioca reservou grandes emoções para os torcedores. Entre os 4 times de maior investimento, quem saiu comemorando foi o Tricolor das Laranjeiras que goleou o rival Flamengo por 3 a 0 no clássico de sábado no Maracanã. Vasco teve uma atuação boa, mas acabou cedendo um empate para o bom time do Nova Iguaçu nos acréscimos. Já o Botafogo, segue focado na Libertadores e perdeu no fim de semana para o fraco time do Friburguense.

flaflu07_12_2009comborda

O FlaxFlu foi sem dúvida o grande destaque da rodada. Com o craque gordinho Walter estreando, o Flu tinha ótimas expectativas no clássico, mesmo com o desfalque de Fred. Já o Flamengo que ainda seguia invicto, esperava conseguir ao menos o empate que deixaria ainda na liderança.

Logo aos 28 minutos do primeiro tempo, Conca cruzou e Michael subiu mais alto que Erazo e testou firme para o fundo do gol. 1 x 0 para o Fluzão.
No final da primeira etapa, Everton teve chance de empatar o jogo para o Mengão, mas encheu o pé e acabou exagerando um pouco. A bola subiu e passou acima da meta.
O segundo tempo começou ainda mais emocionante que o primeiro. Elano cobrou falta na entrada da área e a bola passou por cima, tirando tinta do travessão. Quase empate do Urubu. Mas como quem não faz leva, Elivelton apareceu na área para marcar o segundo gol do Tricolor. Flu 2, Fla 0.

Com o Flamengo já abatido pelos gols sofridos, brilhou a estrela do matador estreante. Aos 40 da etapa final, Chiquinho ganhou de Leo Moura na corrida e cruzou para Walter que tocou firme para o fundo do gol. Uma clássica finalização de artilheiro que não desperdiça nenhuma oportunidade. Fluzão 3 x 0. Um show de bola do Tricolor que assumiu a liderança do campeonato e ainda acabou com o jejum de vitórias em clássicos regionais.

Outro destaque da rodada foi o Madureira que se aproximou do G4. Com o Botafogo totalmente focado na Taça Libertadores da América, a quarta vaga para a segunda fase deve mesmo ficar com um time de menor investimento. A Cabofriense ainda segue no G4, mas no sábado, foi derrotada pelo Madura em Conselheiro Galvão pelo placar de 2 a 1. Com isso, o Tricolor Suburbano chega a 5ª posição com 12 pontos. 1 a menos que a própria Cabofriense.

03# – De Olho na Copa! Arriba, México!

O segundo adversário do Brasil na Copa 2014 será o México.  El Tricolor já esteve presente na Copa das Confederações do ano passado e também participou do mesmo grupo que a nossa seleção.

mexico2

Depois de passarem um longo período acumulando muitos empates, os mexicanos deram uma arrancada no final da disputa das eliminatórias e golearam a Nova Zelândia na repescagem. Com os últimos resultados, os comandados de Miguel Herrera se animaram e acreditam que podem causar uma boa impressão no Brasil.

Na Copa das Confederações 2013, os mexicanos estrearam no Maracanã contra a Itália e foram derrotados por 2 x 1 num jogo muito bom. Depois, enfrentaram o Brasil e perderam por 2 x 0, sendo precocemente eliminados do torneio. Na última rodada, venceram o Japão, evitando terminar a competição na lanterna do grupo. Para a Copa, apesar de reconhecerem o favoritismo do Brasil em casa, os mexicanos visam um melhor desempenho contra Croácia e Camarões para poderem atingir a segunda fase do Mundial.

El Tricolor conta principalmente com  o talento de Giovani dos Santos, Torrado e Guardado para fazer uma boa campanha. O técnico Miguel Herrera, mesmo reconhecendo o talento da Seleção Canarinho, afirma estar confiante para o mundial e lembra que sua seleção já deu muito trabalho ao Brasil. “(A chave) Não é tão ruim. Vamos jogar contra o anfitrião, sempre somos um rival indigesto para o Brasil, mas teremos muito trabalho”, afirmou. E ainda sobre os adversários da primeira fase, acrescentou: “São três times de estilo latino, o que é benéfico para a seleção mexicana.”

Mesmo não estando em sua melhor fase, a seleção mexicana vai tentar causar boa impressão na Copa 2014 e fazer uma verdadeira festa regata a Tequila. Independente do desempenho em campo, já podemos esperar uma linda festa da animadíssima torcida tricolor.

 

 

NOVA IGUAÇU ACUMULA VITÓRIAS E COLA NO G4.

A rodada desse fim de semana no campeonato carioca não foi nada boa para o Botafogo. Depois de ter sido derrotado pela Cabofriense na semana anterior, o Alvi-Negro de General Severiano perdeu para o Vasco e viu muitos times o ultrapassarem na tabela. Enquanto isso, os outros 3 times de maior investimento venceram. Além do Vasco que venceu o próprio Botafogo,  O Flamengo goleou o Macaé por 5 x 2 numa bela partida. E o Fluminense derrotou o Bangu por 1 x 0 em Moça Bonita.

Entre os jogos dos pequenos, podemos destacar a expressiva vitória do Madureira sobre o Audax Rio, por 3 x 0. Depois de três derrotas consecutivas, o Tricolor Suburbano exorcizou seus demônios e afundou a Laranja Meritiense na lanterna. Outra grande vitória foi a do Nova Iguaçu diante do Bonsucesso, em plena Teixeira de Castro.

O jogo começou, com pressão dos visitantes. Logo aos 8 minutos da etapa inicial, Geovane cobrou falta com categoria e abriu o placar para a Laranja Mecânica.

O Bonsucesso, atrás no placar, era empurrado por sua torcida para buscar o empate. O Rubro-Anil, seguia tentando pressionar, mas pecava na qualidade das finalizações. O Nova Iguaçu esteve próximo de ampliar sua vantagem aos 25 minutos quando Dieguinho arriscou o chute e a bola ricocheteou na defesa do Cesso e quase enganou o goleirão Gustavo que conseguiu se recuperar a tempo e salvar o time da casa.

O leão da Leopoldina se lançava ao ataque, mas acabou sofrendo por isso, quando Geovane puxou um rápido contra-ataque as 38 minutos e serviu Zambi que ampliou o marcador. Nova Iguaçu 2 x 0.

Na segunda etapa, o Leão partiu para o abafa. Logo aos 5 minutos, Allan arriscou um chutaço que acertou a trave de Jefferson. Aos 21, Wilson cobrou falta com categoria e a bola passou rabiscando a trave e por capricho não entrou.

Yago Moraes, de falta, ainda teve boa chance de marcar para o Cesso, mas o goleirão Jefferson se esticou e fez uma grande defesa, salvando o Carrossel da Baixada. Não deu mesmo para o Leão da Leopoldina que perdeu sua invencibilidade e continua sem vencer no campeonato.

Com essa vitória, o Nova Iguaçu chega a 5ª colocação no campeonato, atrás de Flamengo, Vasco, Fluminense e Cabofriense, e já vê grandes chances de descolar uma vaguinha para as semi-finais ou até mesmo o Título da Taça Rio (que esse ano será disputado apenas entre os times de menor investimento.)

Além desses resultados, a 5ª rodada do Cariocão teve também:  Resende 3 x 3 Boavista, Cabofriense 2 x 1 Duque de Caxias e Volta Redonda 1 x 1 Friburguense. Duque de Caxias e Audax Rio seguem na zona de rebaixamento.

 

 

02# – De olho na Copa!

Croácia vem aí e estreia contra o Brasil!

croacia

Na primeira edição, falamos sobre as expectativas para a Copa do Mundo que terá início no dia 12 de junho. Agora falaremos especificamente a respeito de cada uma das 32 seleções que compõe o torneio mais importante do futebol mundial.

No mesmo grupo do Brasil, a simpática seleção da Croácia, vem as terras tupiniquins para tentar, no mínimo, reeditar o feito histórico de 1998. Naquela ocasião, os croatas fizeram uma campanha sensacional e terminaram a Copa em terceiro lugar.

A seleção croata, apresenta um dos estilos de futebol mais gingados da Europa, com boa vocação ofensiva e jogos bonitos de assistir. Em seu auge, chegou a ser chaamda de Croácia do Brasil, pelo jeito de jogar bola que lembra a escola brasileira.

Esse ano, a Vatreni (como é conhecida a seleção croata), conta com o ex-jogador Niko Kovac no comando da equipe e um belo time com estrelas como Mandzukic, Srna, Kranjcar e Modric.

A última participação dos croatas em copas do mundo foi em 2006, na Alemanha, quando também estrearam contra o Brasil e acabaram eliminados na primeira fase.

Em 2012, a Vatreni jogou a Eurocopa e, mesmo mostrando um bom futebol, não chegou muito longe. Os croatas venceram o Eire, empataram com a Itália e foram derrotados pela campeã Espanha, terminando a primeira fase na terceira colocação do grupo C.

Mesmo caindo num grupo difícil, ao lado do Brasil, de Camarões e do México, os comandados de Kovac nem querem saber de eliminação na primeira fase e darão o sangue em campo para conseguir avançar e mostrar ao Brasil e ao mundo que ainda são a “Croácia do Brasil”

 

Cariocão: Fluminense Bate o Nova Iguaçu e conquista primeira vitória

O Campeonato Carioca segue emocionante. Na rodada do fim de semana, três times tricolores foram goleados. O Madureira que nunca havia perdido para o Macaé, sofreu sua primeira derrota no confronto, e ainda foi por 4 x 0. O Friburguense foi goleado pelo Vasco por 6 x 0 e o Volta Redonda perdeu para o Resende por 6 x 2 no clássico do Sul Fluminense.

crédito da foto:  Nelson Perez/Fluminense F.C.

crédito da foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.

O único tricolor que não perdeu foi o Fluminense. O Tricolor das Laranjeiras foi até Volta Redonda jogar contra o Nova Iguaçu e derrotou a Laranja Mecânica por 3 x 1.

Desde o início da partida, o Fluminense jogava melhor. Logo aos 7 minutos da etapa inicial, Rafael Sobis teve grande chance de marcar para o Tricolor, arriscou um bonito chute, mas não teve sucesso, a bola foi para fora. Logo aos 10, Conca bateu falta e Elivélton cabeceou com categoria, obrigando o arqueiro Jefferson a operar grande defesa.

Aos 11 minutos do primeiro tempo, Jean recebeu a bola de escanteio e chutou forte, no cantinho, abrindo o placar para o Tricolor das Laranjeiras. Fluminense 1 x 0.

Aos 27, Conca apareceu com tudo, deu lindo lançamento para Rafael Sóbis que chutou para fora. No lance seguinte, ele deu um passe na medida para Fred que finalizou por cima do gol defendido por Jefferson.

Na segunda etapa, Gum teve a primeira chance de gol aos 8 minutos, mas cabeceou para fora. O Carrossel da Baixada respondeu e Zambi aproveitou escanteio para mandar um lindo chute no ângulo, empatando o jogo. Nova Iguaçu 1 x 1 Flu.

O Tricolor das Laranjeiras não se abateu e aos 25 da etapa final, o nome do jogo, Dario Conca, acertou um lindo chute, indefensável para Jefferson. Fluminense 2 x 1. Quatro minutos depois, Conca mais uma vez brilhou, dando lindo passe para Wagner acertar o ângulo de Jefferson e dar números finais a partida. Fluminense 3, Nova Iguaçu 1.

Além dos confrontos acima citados, a rodada deste fim de semana contou com: Flamengo 2 x 2 Duque de Caxias, Cabofriense 2 x 1 Botafogo, Bangu 0 x 0 Audax Rio e Bonsucesso 0 x 0 Boavista.

01# – De olho na Copa

De Olho na Copa

Joseph_Blatter_-_World_Cup_2014

Faltam pouco mais de 4 meses para o início da Copa do Mundo 2014. Para nós brasileiros, a expectativa é ainda maior pois vamos receber o mundial em casa.

A edição de 2014 será a vigésima da história das copas e a segunda a ser disputada no Brasil. Ainda falta muito para ser acertado até o início da competição. Estádios não estão prontos, aeroportos ainda precários, carência nos transportes públicos e segurança. Mas, apesar desses problemas, a expectativa pelo início da Copa é muito grande.

copa

Na outra edição disputada no Brasil, em 1950, a Seleção Canarinho chegou a final como grande favorita, mas foi derrotada em pleno Maracanã pelos uruguaios. O episódio ficou conhecido como maracanazo. Desta vez, porém, os jogadores brasileiros garantem que não vão dar chance para outro incidente semelhante. Já os uruguaios, conseguiram a classificação na repescagem ao derrotar a Jordânia e estão prontos para tentar repetir o maracanazo.

Ainda falta muito, e antes da grande final, ainda tem muita bola pra rolar. O que importa é que cada uma das 32 seleções participantes virá ao Brasil para tentar marcar seu nome na história. Todos os 8 campeões mundiais estarão presentes, assim como outras seleções que nunca venceram mas que querem faturar o primeiro caneco aqui no Brasil.

As próximas edições dessa coluna irão falar especificamente de cada uma dessas seleções.

Carioca 2014 – Madureira começa vencendo!

O Campeonato Carioca 2014 já começou. Esse ano com uma nova fórmula na qual os 16 times disputam um turno único e os 4 primeiros colocados avançam para as semi-finais. Na primeira rodada, não faltaram emoções. Destaque para o Duelo Tricolor entre Madureira e Fluminense em Moça Bonita. Surpreendendo a todos, o Tricolor Suburbano bateu o Tricolor das Laranjeiras num partidaço.

Estreando sua nova camisa retrô (com as cores antigas, feita especialmente para o ano do centenário), o Madureira partiu para cima do adversário mostrando que era de fato o mandante do jogo. Logo aos 13 minutos da etapa inicial, Robert arriscou de fora da área e marcou um golaço. Madureira 1 x 0.

O Fluzão contava com a reestreia de Dario Conca, o ídolo argentino. Conca cobrou escanteio e Leandro Eusébio tocou para a rede. Tudo igual: 1 x 1.. Aos 28 minutos, mais uma vez Conca apareceu, lançando Sóbis que tocou para Michael marcar o gol da virada. Fluminense 2 x 1 Madureira.
O Madura não se abateu com o gol sofrido e seguiu pressionando até que aos 37, Carlinhos chutou no canto, sem chances para defesa de Cavalieri. Tudo igual de novo: 2 x 2.

Na volta do intervalo,  o Fluminense voltou com menos disposição e qualidade. Enquanto isso, o Tricolor Suburbano jogava muito bem, encaixando bons passes e levando perigo a meta adversária.
Logo aos 5 minutos da segunda etapa, Carlinhos cobrou falta e Allan aproveitou o cochilo da zaga do Flu para colocar a bola na rede. Mais uma virada: Madureira 3, Fluminense 2.

Ao longo da segunda etapa, o Madureira jogou melhor e esteve próximo do quarto gol. O Flu levava pouco perigo a meta adversária e só chegou a pressionar nos últimos minutos, quando já era tarde demais.

Além deste jogo, a primeira rodada do Cariocão contou com: Flamengo 1 x 0 Audax Rio, Bonsucesso 0 x 0 Volta Redonda, Resende 1 x 1 Botafogo, Nova Iguaçu 1 x 0 Duque de Caxias, Vasco da Gama 1 x 1 Boavista, Cabofriense 3 x 2 Macaé e Friburguense 1 x 2 Bangu. Madureira e Cabofriense dividem a liderança no momento e logo atrás vêm Bangu e Flamengo.