Emagrecimento: Perda de peso e emagrecimento são a mesma coisa? – #01

É comum ouvirmos dizer que para perder peso ou emagrecer basta fechar a boca. É comum também, simplesmente, aceitar essa solução e meramente parar de comer. Um erro comum. Antes de destrincharmos os reais significados de “emagrecer” e “perder peso” temos que analisar o que é, de fato, o peso, o nosso peso.

disciplina-para-emagrecer1

Aquele peso que vemos quando subimos na balança é apenas um número superficial. O que isso quer dizer? O nosso peso é subdividido em 4 pesos: peso muscular (músculos), peso gordo (gordura),  peso residual (vísceras) e peso ósseo (ossos). Nós, através do nosso comportamento, seja praticando ou não exercício, comendo bem ou não, podemos moldar apenas os músculos e gordura, ou seja, somente o peso muscular e o peso gordo têm capacidade de mudar.

Certo, e o que isso realmente quer dizer? Quando “fechamos a boca” numa dieta altamente restritiva (como algumas dietas famosas internacionais: Atkins, Dunkan, etc.) realmente perdemos peso. E quando perdemos peso, perdemos tanto gordura quanto músculo. E como é extremamente difícil manter essas dietas restritivas eternamente, assim como praticar exercícios simultaneamente, quando se volta a comer normalmente, o peso perdido de gordura e músculo volta… como gordura apenas! Esse é o verdadeiro ônus dessas dietas mirabolantes.

Musculo-e-gordura

Se “perder peso” é perder gordura e músculo, emagrecer seria somente (ou praticamente) perder gordura, deixando (quase) intacto nosso peso muscular. Esse é o grande diferencial. O nome desse fenômeno é o conhecido efeito sanfona, ou seja, com a perda de peso muscular e a recuperação como peso gordo, é possível “engordar” mesmo com o peso igual ao que era no início. Exemplo: Uma pessoa de 70 kg perdeu 20 kg através de uma dieta restritiva. Nesses 20 kg estão incluídos músculos e gordura. Através do efeito sanfona, essa pessoa recuperou seus 20 kg, mas apenas como gordura. Ou seja, com os mesmos 70 kg iniciais, engordou.

Mas então, qual seria o ideal? O ideal é aliar uma educação alimentar aliado a um programa de exercícios físicos que permitirão um emagrecimento, e não perda de peso, saudável e progressivo. No próximo texto, falaremos sobre exercícios visando o emagrecimento, não perca!!

___

Rafael Natividade é professor de educação física, em formação, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

1 Comment

  1. Pingback: Emagrecimento: Exercício Físico e emagrecimento – #2 | Blog Casa & Lazer

Deixe uma resposta

Campo Obrigatório*.