INTERESSANTE: RELÓGIO INTELIGENTE DA APPLE

iwatch2

A Apple vai lançar em outubro um magnífico relógio, trata-se de um aparelho no qual ainda não tem um nome específico, mas podemos chama-lo por enquanto de IWatch, mas conhecido como Relógio Inteligente. Bem parecido com o Samsung Gear.

Em outubro desse ano a Apple vai realizar um evento para revelar as versões do relógio, que terá diversos tamanhos, formatos e cores. O relógio conta com mais de 10 sensores diferentes para verificar dados biométricos, é um equipamento que ajudará muitas pessoas na área da saúde, fitness e nos esportes. Os sensores irão registrar os passos, intensidade de movimento, frequência cardíaca e a qualidade do sono. Além de ser uma maneira de facilitar o uso do celular por meio de funções interativas que poderão ser utilizadas diretamente do pulso.

A Apple pretende vender mais de 50 milhões desse relógio no seu primeiro ano de lançamento. O relógio está em processo de testes na Quanta que é a principal fabricante.

iWatch? – Embora ainda não tenha sido anunciado, rumores apontam que o iWatch, como é chamado o possível relógio inteligente da empresa, teria tela que mede 2,5 polegadas na diagonal e é levemente retangular, disse uma fonte, adicionando que terá um formato levemente arcada e uma interface sensível ao toque e carregamento sem fio. O relógio também tem um sensor que monitora o pulso do usuário.”  (fonte: http://goo.gl/LCvcni)

 

 

 

Emagrecimento: Exercício Físico e emagrecimento – #3

Vimos na última postagem a importância da musculação e do exercício aeróbico no emagrecimento. Vimos também que um fator primordial para que o emagrecimento ocorra é o “déficit calórico”  e que esse déficit pode ser alcançado pela soma “alimentação saudável + exercícios físicos”. Hoje, discutiremos como não perder massa magra (músculo), juntando exercícios de musculação com aeróbicos!

aerobics class in a gym

É possível, infelizmente, que mesmo que façamos um bom treino de musculação com um treino pesado de aeróbico, se tornar algo prejudicial a nós. Pois é, como tudo na vida, os exercícios também têm que ser realizados com moderação. Mesmo se você estiver “desesperado para se livrar de uns quilinhos a mais”, não é a solução simplesmente ir à academia todos os dias e muito menos se matar neles.

esps-exercicio-fisico-debaixo-dagua

Quando fazemos um treino de musculação, utilizamos como fonte de energia principal o carboidrato. Ao terminarmos o treino de musculação, nossas reservas de glicogênio muscular estão deficientes, ou talvez, praticamente zeradas (quanto mais intenso for o treino, mais energia irá requerer). Nesse cenário, não deveríamos, por exemplo, correr na esteira, por que, numa corrida, ou qualquer outro aeróbico intenso, a principal fonte de energia é também o carboidrato.

piramide01

O que o corpo faz numa situação dessas? Com a reserva de glicogênio baixa, o corpo vai buscar outra fonte de energia. Nesse caso, aminoácidos provenientes dos músculos, em outras palavras, proteína. Eis o “x” da questão. Esse fenômeno, chamado proteólise, é prejudicial para a manutenção da massa muscular (para aumento nem se fala!), pois ao utilizar essa proteína dos músculos como fonte alternativa, o efeito anabólico que deveria acontecer após a musculação, não irá ocorrer da melhor maneira. Esse aeróbico intenso após uma musculação tende a recrutar proteína do músculo, atrapalhando, e muito, a manutenção da massa magra. Caso inverta, com aeróbico primeiro e musculação, o efeito é semelhante.

massa-magra-gorda

Para evitar esse cenário, existe uma maneira que nem sempre é a mais agradável para a maioria das pessoas, uma vez que demanda mais tempo e paciência. Uma vez que reduzimos nossa fonte primária de energia, o carboidrato, podemos recrutar outra fonte de energia, a gordura. Após uma sessão de treinamento de musculação, com nossa reserva de energia menor, seria interessante fazer um aeróbico mais leve, como caminhada, por exemplo, pois assim, qualitativamente, estaremos utilizando a gordura como maior fonte de energia. É algo que, principalmente, fisiculturistas fazem, justamente para não prejudicarem sua massa muscular.

cardio

Esse aeróbico leve após a musculação ajuda a não comprometer a massa muscular que tanto se batalha para manter/aumentar na musculação. É necessário apenas paciência, pois o gasto calórico é mais baixo. Mas com o auxílio de um profissional de Educação Física, você sempre poderá montar o melhor tipo de treino e suas variações de acordo com sua individualidade.  No próximo texto entraremos no terreno das suplementações, do ponto de vista da Educação Física!

___

Rafael Natividade é professor de educação física, em formação, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

#08 – De Olho na Copa – Itália

Uma das seleções mais esperadas em todas as competições que joga é a Itália. A Squadra Azzurra agrega muitos simpatizantes e torcedores ao redor de todo o planeta. E no Brasil, isso terá um sabor mais especial. Muitas cidades do nosso país receberem imigrantes italianos que influenciaram diretamente a nossa cultura. São Paulo, por exemplo, é uma cidade brasileira com um toque italiano. Até o sotaque paulistano tem um quê da Itália.

Viva a Azzurra!

Viva a Azzurra!

É claro que os jogadores da Azzurra sabem da importância cultural de seu país no nosso e sabem que esse fator contribuirá positivamente para o time em campo, pois estará jogando “mais em casa” do que a maioria das seleções.

Para o Mundial de 2014, os comandados de Cesare Prandelli pretendem mostrar sua força e não decepcionar sua torcida como aconteceu na última copa. Para quem não se lembra, depois de ter conquistado o tetracampeonato em 2006, os italianos fizeram uma campanha muito fraca em 2010 e acabaram eliminados na primeira fase.

Depois de mostrarem um futebol de qualidade na Euro 2012 e na Copa das Confederações no Brasil em 2013, parece que a Azzurra está preparada para não causar novas decepções em seus fãs. O grupo, porém, não é nada fácil. Além da simpática Costa Rica, os italianos terão pela frente Inglaterra e Uruguai, duas seleções de muita força.

Apesar de todas as dificuldades que encontrarão pela frente, os craques italianos pretendem fazer valer sua história e tradição. Depois do Brasil, a Itália é a seleção com maior número de títulos mundias. São 4 no total. Os dois primeiros conquistados antes da Segunda Guerra Mundial, em 1934 e 1938. O terceiro veio em 1982 e o quarto em 2006.

Para esse ano, além do excelente Prandelli no comando da Azzurra, a equipe conta com grandes talentos como Balotelli, Giovinco, Gilardino, De Rossi, El Sharawy, Aquilani, Marchisio e outros. Além do craque veterano Andrea Pirlo.

Mesmo não sendo a maior das favoritas, a Azzurra vem aí com sua força e se for campeã, se iguala ao Brasil com 5 títulos. Para aqueles que não acreditam, fiquem de olho, pois a Itália é sempre a Itália. Jamais subestimem a Azzurra!

Emagrecimento: Exercício Físico e emagrecimento – #2

Na última postagem vimos a diferença de “perder peso” e “emagrecer” e, pudemos observar que, “emagrecer” seria mais benéfico a longo prazo, mas para que isso ocorra tem que coexistir educação alimentar e exercícios. Mas quais exercícios?

Todas as mulheres pesam 67Kg! Viu como o % de gordura faz muita diferença?

Todas as mulheres pesam 67Kg! Viu como o % de gordura faz muita diferença?

Como também vimos anteriormente, “fechar a boca” não é solução, uma vez que ao parar de comer de maneira correta, deixamos de ter a energia necessária para realizar os exercícios. Energia essa que vem principalmente de um macronutriente bastante conhecido e, erroneamente, demonizado: o carboidrato. Sem ele, não temos energia pra nossas atividades diárias e muito menos para a prática do exercício, mas sobre esse assunto importante dedicaremos mais tempo posteriormente.

Não, não existe exercício mágico que emagrece. Para gerar emagrecimento temos que ter primeiro a consciência de gerar um “déficit calórico” no final do dia, ou seja, gastar mais energia do que ingerir. Por exemplo: se eu ingerir 2000 kcal no dia e gastar 2500 kcal (energia que nosso corpo gasta naturalmente + exercício) há um déficit calórico de 500 kcal. Alimentação saudável somada a exercícios (aeróbicos e de musculação) gera um déficit calórico considerável, e o emagrecimento ocorre gradualmente. Não existem catalisadores naturais para o emagrecimento saudável, ele é lento e assim, evitamos o efeito sanfona.

img_como_utilizar_o_jejum_sem_riscos_para_perda_de_gordura_1433_orig

O exercício aeróbico como caminhada, corrida, bicicleta ergométrica ou transport (planejado individualmente para cada pessoa) assim como aulas coletivas (spinning, jump, GAP, danças em geral, etc.), irá gerar um gasto calórico que ao final do dia, irá ajudar no déficit calórico. Quanto mais intenso for esse exercício aeróbico, maior o gasto calórico e, maior o déficit calórico (caso haja a educação alimentar). Mas cuidado, jamais tentem fazer um exercício intenso sem acompanhamento de um profissional de Educação Física.

A musculação, ao contrário do que a maioria pensa, não é somente para “secar” ou ficar “bombado”. A musculação auxilia, e muito, no emagrecimento (e não necessariamente na perda de peso). Quando praticamos musculação, a médio e longo prazo, pode ocorrer um fenômeno chamado hipertrofia, assim, a massa muscular aumenta e, consequentemente, aumenta-se a massa magra (como vimos na última postagem). Ao aumentarmos nossa massa muscular aumentamos também nossa taxa metabólica basal, ou seja, nosso gasto calórico em repouso aumenta, beneficiando assim a redução da gordura corporal.

Acabamos de ver que exercícios aeróbicos e musculação são bons para perder gordura, mas é possível fazer os dois, comer bem, e mesmo assim perder massa muscular. E devemos evitar perder a massa muscular, pelo motivo acima descrito. No próximo texto falaremos sobre como evitar perder essa massa muscular e como se utiliza a gordura no exercício aeróbico!

___

Rafael Natividade é professor de educação física, em formação, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

#07 – De Olho na Copa – Austrália e Japão

Hoje na coluna De Olho na Copa, falaremos de duas seleções que estavam entre as primeiras classificadas para a Copa do Mundo.

Apesar de ficar na Oceania, a Austrália, assim como o Japão, disputa as eliminatórias pela Ásia. Os Socceroos garantiram classificação para o mundial com bastante antecedência e conseguem o feito de estar presentes pela terceira vez consecutiva numa Copa.

austrália

A seleção Australiana está muito longe de ser favorita. Além de tudo, caiu justamente num grupo difícil, ao lado de Holanda, Espanha e Chile. Mas, mesmo assim, com uma boa dose da característica animação dos australianos, a diversão é garantida. Afinal, para eles, a vinda para o mundial já é uma vitória.

O Japão também não está entre os favoritos, mas engata a sua quinta copa consecutiva. Em 2010, apesar de não estarem também entre os favoritos, desbancaram a Dinamarca com auxílio da polêmica bola Jabulani em cobranças de falta e chegaram a segunda fase. Nas oitavas de final, caíram diante da boa seleção paraguaia.

japão

Os japoneses estiveram aqui no Brasil na Copa das Confederações do ano passado. Apesar de terem perdido os três jogos que disputaram, os japoneses fizeram um partidaço contra a Itália e por pouco não saíram com o empate.

É fato que nenhuma das duas seleções está cercada de grande expectativa, mas ambas prometem dar o máximo para conseguir ao menos chegar na segunda fase e mostrar que também têm vez no país do futebol. Se conseguirem, a comemoração poderá contar com muito sushi de um lado, e muita costelinha suína do outro.

Emagrecimento: Perda de peso e emagrecimento são a mesma coisa? – #01

É comum ouvirmos dizer que para perder peso ou emagrecer basta fechar a boca. É comum também, simplesmente, aceitar essa solução e meramente parar de comer. Um erro comum. Antes de destrincharmos os reais significados de “emagrecer” e “perder peso” temos que analisar o que é, de fato, o peso, o nosso peso.

disciplina-para-emagrecer1

Aquele peso que vemos quando subimos na balança é apenas um número superficial. O que isso quer dizer? O nosso peso é subdividido em 4 pesos: peso muscular (músculos), peso gordo (gordura),  peso residual (vísceras) e peso ósseo (ossos). Nós, através do nosso comportamento, seja praticando ou não exercício, comendo bem ou não, podemos moldar apenas os músculos e gordura, ou seja, somente o peso muscular e o peso gordo têm capacidade de mudar.

Certo, e o que isso realmente quer dizer? Quando “fechamos a boca” numa dieta altamente restritiva (como algumas dietas famosas internacionais: Atkins, Dunkan, etc.) realmente perdemos peso. E quando perdemos peso, perdemos tanto gordura quanto músculo. E como é extremamente difícil manter essas dietas restritivas eternamente, assim como praticar exercícios simultaneamente, quando se volta a comer normalmente, o peso perdido de gordura e músculo volta… como gordura apenas! Esse é o verdadeiro ônus dessas dietas mirabolantes.

Musculo-e-gordura

Se “perder peso” é perder gordura e músculo, emagrecer seria somente (ou praticamente) perder gordura, deixando (quase) intacto nosso peso muscular. Esse é o grande diferencial. O nome desse fenômeno é o conhecido efeito sanfona, ou seja, com a perda de peso muscular e a recuperação como peso gordo, é possível “engordar” mesmo com o peso igual ao que era no início. Exemplo: Uma pessoa de 70 kg perdeu 20 kg através de uma dieta restritiva. Nesses 20 kg estão incluídos músculos e gordura. Através do efeito sanfona, essa pessoa recuperou seus 20 kg, mas apenas como gordura. Ou seja, com os mesmos 70 kg iniciais, engordou.

Mas então, qual seria o ideal? O ideal é aliar uma educação alimentar aliado a um programa de exercícios físicos que permitirão um emagrecimento, e não perda de peso, saudável e progressivo. No próximo texto, falaremos sobre exercícios visando o emagrecimento, não perca!!

___

Rafael Natividade é professor de educação física, em formação, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Dia Internacional da Mulher – Como se cuidar em casa

08 de março é o Dia Internacional da Mulher, e há muito para se comentar e comemorar!

Mas, antes de qualquer coisa, que tal tirar algumas horas só para VOCÊ, mulher, e se cuidar um pouquinho?

Vamos começar cuidando dos cabelos? O que acham?

cabelo

01) Hidratação para cabelos secos – mel

  • 2 colheres de azeite
  • 3 colheres de mel
  • 1/2 abacate amassado

Passo a passo: Passe a mistura 3cm longe da raiz.  Vá fazendo massagens na mecha de cabelo, no sentido da raiz até a ponta dos cabelos. Fique massageando cada mecha uns 2 minutos.  Repita este processo no cabelo todo. Deixe agir por 20 minutos.

02) Hidratação para cabelos secos –  azeite:

  • 3 colheres máscara de hidratação (qualquer marca de sua preferencia)
  • 1 colher se sopa de azeite de oliva

Passo a passo: Misture tudo. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 25 minutos. Enxague em agua fria.

03) Hidratação para cabelos secos –  Bepantol solução:

  • 1 tampa de bepantol solução
  • 3 colheres de sua máscara de hidratação

Passo a passo: Misture tudo. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos.

04) Hidratação para cabelos secos –  azeite e Bepantol solução:

  • 1 tampa de bepantol solução
  • 1 colher de azeite
  • 1 colher de máscara de hidratação

Passo a passo: Misture tudo. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos. Enxágue em água fria.

05) Hidratação para cabelos secos – banana:

negra-xampu-cabelo

  • 1/2 maça
  • 1 banana

Passo a passo: Bata tudo no liquidificador. Passe nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos. Enxague em agua fria.

06) Hidratação para cabelos secos – cenoura:

  • 1/2 pote de iogurte
  • 1 colher de mel
  • 1/2 cenoura

Passo a passo: Misture tudo e passo nos cabelos mecha por mecha. Deixe agir por 20 minutos.

Fonte: Patricinha Esperta.

Feliz Dia Internacional da Mulher!

06# – De Olho na Copa – Chile

Chile busca desbancar favoritas e mostrar que manda na América.

chile

Muita gente acha que o Chile se deu mal. Na Copa do Mundo 2014, La Roja caiu num Grupo da Morte, ao lado da Campeã Espanha, da Vice Holanda e da limitada, porém animada Austrália. Quem conhece o futebol chileno, porém, sabe que embora a missão seja difícil, não seria nenhuma grande surpresa que nossos coirmãos americanos consigam chegar na segunda fase. Na última copa, La Roja fez uma boa campanha na primeira fase derrotando Suíça e Honduras e apenas perdendo para a Espanha. Nas oitavas de final, os chilenos cruzaram com o Brasil e foram atropelados por 3 x 0. O mesmo aconteceu em 1998, quando Brasil e Chile também se enfrentaram nas oitavas. Na ocasião, o Brasil venceu por 4 x 1.

Com esse recente histórico, os torcedores da Seleção Canarinho esperam mesmo que tal cruzamento volte a acontecer esse ano. Seria possível caso Brasil lidere o Grupo A e o Chile fique em segundo no B ou vice versa.

A Seleção Chilena conta com grandes talentos como Beausejour, Sánchez, Henríquez e os dois que atuam no futebol paulista, Mena e Valdivia (jogam no Santos e Palmeiras respectivamente). O curioso é que do elenco atual da seleção, apenas os goleiros reservas jogam em times chilenos. A maioria dos atletas da seleção atua na Europa. Além do qualificado elenco, La Roja conta com o experiente técnico argentino Jorge Sampaoli que embora tenha cartas na manga para tentar desbancar o favoritismo das grande seleções, mostra-se humilde e com um discurso quase pessimista.

“ Acho que, vendo as equipes que vamos enfrentar, pensar que hoje somos favoritos a ganhar a Copa do Mundo é ilógico. Claro que pode haver várias situações que podem nos dar chances de competir e superar situações em que hoje nem pensamos. Mas a história diz que as coisas sempre vão para o seu lugar, e os favoritos naturais são os de sempre” disse o treinador da Seleção Chilena.

Mesmo sabendo que o caminho não é nada fácil, o Chile vem aí pra mostrar que na América do Sul, Espanha, Holanda e Austrália não tem a mesma pegada que La Roja. Os atletas e a torcida contam com muita raça e superação para transformar o Brasil num palco de futebol pegado e disputado, nível Libertadores da América. Caso cheguem mais longe, já podemos esperar uma festa regada ao tradicional e saboroso vinho chileno.

Cariocão!

O fim de semana foi muito movimentado no futebol carioca. O Clássico Vovô inverteu totalmente a lógica. Enquanto todos esperavam que o Flu passasse sem dificuldades pelos reservas do Botafogo, quem brilhou foi a Estrela Solitária e o limitado time B do Glorioso goleou o Tricolor por 3 a 0 . Vitória de quem levou o confronto mais a sério.

Aliás, 3 a 0 foi um placar que se repetiu várias vezes nesse fim de semana. Tanto na Série A quanto na B do Cariocão. O Nova Iguaçu também passou fácil pelo Boavista por 3 a 0. E o Bonsucesso que ainda não tinha vencido nenhum jogo, venceu o Macaé. E advinhe o placar? Claro, 3 a 0.

Vamos dar destaque essa semana a tradicionalíssima duplinha da Leopoldina: Bonsucesso e Olaria. Enquanto o Cesso conquistou sua primeira vitória na Série A, o Azulão da Bariri começa e se encaminhar bem numa longa jornada da Série B rumo a elite novamente. O Olaria venceu também por 3 a 0. O adversário foi o Queimados.

Bonsucesso 3 x 0 Macaé:

jogo começou movimentado. O Bonsucesso, animado por sua fanática torcida, partia para cima do adversário. Somália e Fernando chegaram a assustar o Macaé e por pouco não marcaram. Apenas aos 45 da etapa inicial veio o primeiro gol. Num ataque macaense, Luiz Otávio puxou um rápido contra-ataque e lançou Fernando, que carregou a bola desde o meio campo e chutou colocado da entrada da área para abrir o placar na Teixeira de Castro. Bonsucesso 1 x 0.

Na volta do intervalo, o Macaé veio melhor. Marquinho arriscou um chute perigoso e quase empatou a partida, mas Lopes espalmou e salvou o Cesso. Os visitantes predominavam no ataque e o Leão segurava o jogo no seu campo.

Aos 23, porém, a equipe da Leopoldina acordou. Rick acertou cruzamento na cabeça de Somália que mandou pro gol. Cesso 2 x 0. Já nos acréscimos, a defesa do Macaé vacilou e Victor Hugo não perdoou. Tirou do goleiro e mandou a redonda para a rede. Final de jogo: Bonsucesso 3, Macaé 0. Vitória muito importante do Leão da Leopoldina.

Queimados 0 x 3 Olaria

O jogo já começou tenso. Com 5 minutos de bola rolando, o goleiro Cléber, do Olaria, cometeu penalidade e foi expulso. O reserva, Adilson, entrou no lugar do atacante Renato. Jarbas cobrou pênalti, mas Adílson, que acabara de entrar, defendeu, salvando o time da Rua Bariri.

A superioridade numérica do Queimados não durou muito. Aos 10 minutos, Vitinho cometeu dura falta em Cocada, sem bola, e recebeu também o cartão vermelho. Com 10 de cada lado, o jogo ganhou movimentação no ataque, mas a objetividade não foi muita.

O primeiro tempo seguiu sem grandes emoções e chances de gol. A tensão veio mesmo por conta de um fator externo. Aos 43 minutos da primeira etapa, torcedores invadiram o CT e os vestiários do Nivaldão. o árbitro, paralisou a partida, pois não havia policiamento no estádio.

Apesar das confusões, o jogo voltou. Na segunda etapa, o Olaria voltou melhor. aos 17, Lincoln acertou uma tijolada de fora da área no ângulo. Olaria 1 x 0. Aos 36, Bruno Andrade aproveitou a boa troca de passes do ataque olariense e escorou para o gol. Olaria 2 x 0.

O Queimados já estava perdido em campo e não conseguia juntar forças para reagir. A situação ainda piorou quando Tuiú foi expulso, aos 43 da etapa final. O golpe final do Azulão, veio nos acréscimos. Bruno Andrade arriscou de fora da área e acertou um lindo gol. Final de jogo: Olaria 3, Queimados 0.

05# – De Olho na Copa – Holanda

Sem dúvida, uma das seleções mais aguardadas para a Copa do Mundo de 2014 é a Holanda. A Laranja Mecânica nunca foi campeã do Mundo, mas quase sempre encanta a todos com seu belo futebol. Na última Copa, os holandeses não chegaram a impressionar tanto na técnica, mas foram muito objetivos e competentes e chegaram na final.

holanda

Os torcedores do Brasil não esquecem da Laranja Mecânica que foi bastante indigesta na África do Sul. Num dos jogos mais movimentados da Copa, o Brasil abriu 1 x 0, mas jogou muito mal no segundo tempo e sofreu a virada. A Holanda eliminou o Brasil.

O que assusta um pouco mais a torcida da Amarelinha é que o grupo da Laranja cruza com o grupo do Brasil logo nas oitavas de final. Além dos Países Baixos, o dificílimo grupo B conta com a campeã Espanha, o perigoso Chile e a Austrália. Existe uma grande chance de Brasil e Holanda se enfrentarem no primeiro jogo de mata-mata. Mas quem tem uma memória boa não se esquece que em dois mundiais seguidos (1994 e 1998) o Brasil eliminou a Holanda.

Esse ano, a Laranja Mecânica conta com o técnico Louis Van Gaal e com craques como Van Persie, Robben, De Jong, Afellay, Van der Vaart e outros grandes jogadores. Um elenco poderoso, capaz de assustar qualquer grande seleção que venha a aparecer pela frente.

A última participação holandesa numa grande competição foi em 2012 na Eurocopa. Nessa ocasião, a Laranja decepcionou demais seus torcedores e simpatizantes, pois perdeu os três jogos que disputou e acabou eliminada na primeira fase em penúltimo lugar geral. Mas, no ano passado, os holandeses surpreenderam todos que criticaram a seleção e fizeram uma excelente campanha nas eliminatórias.

Uma coisa é certa: A Holanda é uma das seleções que os brasileiros mais aguardam para ver jogando pelos gramados tupiniquins. Já para a fanática torcida laranja, é uma grande oportunidade de brilhar mais ainda e tentar o título inédito da Copa do Mundo. Não sabemos o que vai acontecer e é certo que o caminho do Carrossel Holandês não é nada fácil, mas podemos esperar para sermos encantados com o belo e competitivo futebol da “Oranje”